Recursos Humanos
Banco de Profissionais
Reserva de Matrícula
Concurso de Bolsas
Fale com a Diretora
 
Página Inicial
Instituição
Histórico
Proposta Pedagógica
Cursos
Educação Infantil
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino Técnico
- Saúde
- Serviços
Ensino à Distância
- Graduação
- Pós-Graduação
O canal do emprego
Curriculum vitae
- Artigos
Entrevista
- Artigos
Carreira
- Artigos
Informação
Calendário Letivo
Eventos
Esportes
Notícias
Campos de Estágio
Links
Publicidade


Curso de Especialização em Unidade de Terapia Intensiva (U.T.I.)

1. Objetivo

    O profissional que não se atualiza continuamente, que não incorpora as recentes contribuições científicas, está condenado ao isolamento, à exclusão do mercado de trabalho e por conseqüência de sua cidadania.

    O objetivo do Curso é preparar Técnicos de Enfermagem e Auxiliares de Enfermagem para o trabalho em Unidades de Terapia Intensiva de Hospitais, que por sua complexidade, exigem profissionais competentes, preparados para enfrentar situações esperadas e inesperadas, que demonstrem senso de responsabilidade, firmeza e segurança nas ações, honestidade, sociabilidade, espírito solidário e integridade ética.

2. Requisitos do Curso

    Para ingressar neste curso, o aluno deverá ter concluído a Habilitação Profissional de Técnico de Enfermagem ou a Qualificação Profissional de Auxiliar de Enfermagem.

3. Documento para Matrícula

  - Cédula de Identidade (1 cópia)
  - CIC (1 cópia)
  - 2 fotos 3x4
  - Comprovante de Residência (1 cópia)
  - Histórico Escolar do Ensino Fundamental ou Médio
  - Histórico da Habilitação Profissional de Técnico de Enfermagem
  - Qualificação Profissional de Auxiliar de Enfermagem

4. Perfil Profissional de Conclusão

    A área de saúde, pela sua importância, sua complexidade, exige a formação de um profissional capaz de formular um projeto de desenvolvimento após a conclusão do curso porque novas tecnologias surgem a cada dia, antes mesmo que a anterior seja dominada.

    O especialista em U.T.I. deverá ser capaz de:

  a) identificar a estrutura e a organização do sistema de saúde vigente;

  b) interpretar e aplicar normas do exercício da profissão e os princípios éticos que reagem a conduta do profissional;

  c) identificar funções e responsabilidades dos membros da equipe de trabalho, planejar e organizar o trabalho na perspectiva de um atendimento de qualidade;

  d) identificar e avaliar rotinas, protocolos de trabalho, instalações e equipamentos;

  e) realizar trabalho em equipe, tendo em vista as atribuições do técnico ou
auxiliar de Enfermagem dentro de uma U.T.I.

  f) conhecer e manejar, com eficiência e precisão, os aparelhos existentes na U.T.I., de acordo com as orientações e determinações do médico ou da enfermeira responsável;

  g) operar instrumentos de seu campo de atuação, zelando pela manutenção dos mesmos;

  h) utilizar recursos e ferramentas de informática específicos da área;

  i) aplicar princípios e normas de higiene e saúde pessoal e ambiental;

  j) efetuar pequenos reparos nas máquinas;

  k) preparar o paciente para receber cuidados na U.T.I.

5. Estágio

    A avaliação do estágio supervisionado será continua e global, abrangendo conhecimentos, habilidades e atitudes que se adquirem e se reforçam progressivamente. Assim, em caso de avaliação não satisfatória, haverá acréscimo das horas de estágio.

6. Carga Horária

    - Aulas práticas (estágio): 80 horas
    - Aulas teóricas: 500 horas

7. Componentes Curriculares

    Assistência de enfermagem ao paciente em cardiopatia, queimado, grave, pós-operatório, pós-anestésico, politraumatizado, pós-transplante, neonatal, assistência às patologias diversas, etc.

8. Critérios de Aproveitamento de Conhecimentos e Experiências Anteriores

    Por tratar-se de curso de especialização, não poderá o aluno ser dispensado de componentes curriculares previstos para o curso.

9. Avaliação

    A avaliação é o processo que consiste em avaliar o ensino e a aprendizagem de cada aluno, em relação à programação curricular prevista e desenvolvida. Tem por objetivo diagnosticar e registrar os progressos dos alunos e suas dificuldades; possibilitar que os alunos auto-avaliem sua aprendizagem ; orientar sobre o necessário para superar as dificuldades e fundamentar as decisões dos professores sobre procedimentos de reforço e recuperação.

    A avaliação do estágio supervisionado será contínua e global, abrangendo conhecimentos, habilidades e atitudes que se adquirem e se reforçam progressivamente. Assim, em caso de avaliação não satisfatória, haverá acréscimo das horas de estágio.


Av. Ana Costa,164 - Santos/SP - Tel.:(13)3222-4963/3224-3819/3222-7446
email: contato@escolamodelosantos.com.br