Recursos Humanos
Banco de Profissionais
Reserva de Matrícula
Concurso de Bolsas
Fale com a Diretora
 
Página Inicial
Instituição
Histórico
Proposta Pedagógica
Cursos
Educação Infantil
Ensino Fundamental
Ensino Médio
Ensino Técnico
- Saúde
- Serviços
Ensino à Distância
- Graduação
- Pós-Graduação
O canal do emprego
Curriculum vitae
- Artigos
Entrevista
- Artigos
Carreira
- Artigos
Informação
Calendário Letivo
Eventos
Esportes
Notícias
Campos de Estágio
Links
Publicidade


Cartas de Apresentação - O que são e para que servem?


Conheça mais sobre a carta de apresentação


Se você considera não ser preciso muito esforço para redigir uma carta de apresentação, ou se você acha que não vale a pena redigir uma boa carta porque ninguém a lê, está enganado. Muitos recrutadores vêem as cartas de apresentação como reveladoras de traços importantes, tais como:


• A sua forma de escrita;

• O seu nível de profissionalismo;

• Alguns traços indicadores da sua personalidade;

• As suas orientações e objetivos de carreira.


Para que passe a melhor ideia sobre si mesmo, é necessário, antes de mais nada, saber o que são cartas de apresentação, para que servem e como fazê-las.

Cartas de apresentação são cartas personalizadas que acompanham o envio de um currículo e apresentam uma candidatura, com o objetivo de conseguir um emprego na empresa contatada. Funcionam como uma introdução à ação que está para vir e por isso devem evidenciar alguns aspectos mais relevantes da sua experiência e da sua forma de ser. As cartas de apresentação servem também para demonstrar como organiza os seus pensamentos e se o sabe fazer de forma clara e apropriada; noutras palavras, reflete a sua capacidade de comunicação e, por sua vez, alguns traços da sua personalidade.

Importa distinguir as Cartas de Apresentação simples, das Cartas de Candidatura Espontânea.

As primeiras servem para apresentar candidaturas a anúncios de emprego ou a quaisquer recrutamentos que estejam em aberto. São cartas simples, de cortesia, apenas para enunciar o cargo a que se candidata e os motivos da candidatura. Destinam-se apenas a acompanhar currículos, desempenhando um papel de muito menos importância em relação a este, que é o que realmente vai prender a atenção do selecionador. As cartas de candidatura espontânea são mais elaboradas, pois constituem uma forma de comunicação com potenciais empregadores e como tal devem ser encaradas com a máxima atenção. É através delas que os empregadores tiram as primeiras impressões, as quais são sempre muito importantes, contando que delas depende a passagem à fase seguinte.

Tendo em conta que os objetivos e formas dos dois tipos de cartas são diferentes, embora obedeçam a alguns princípios comuns, deve haver um cuidado especial na sua elaboração.





Av. Ana Costa,164 - Santos/SP - Tel.:(13)3222-4963/3224-3819/3222-7446
email: contato@escolamodelosantos.com.br